desfaço os sinais dos inventores de mentiras, e enlouqueço os adivinhos

Boeing 777 da Malaysia Airlines: Avião teria sido abatido para matar Putin, dizem russos | 18Jul2014 16:11:41

malaysianplane.jpg

O Boeing 777 de Malaysia Airlines que caiu nesta quinta-feira no leste da Ucrânia com 295 pessoas a bordo foi derrubado por um míssil ucraniano que tinha como alvo o avião do presidente russo, Vladimir Putin, segundo uma fonte da Aviação da Rússia citada pela imprensa do país.

Ver notícia em

http://www.miseria.com.br/?page=noticia&cod_not=124519
 


Tentativa Israelita de Assassínio do Presidente Putin?

Com base nos fatos que sabemos agora sobre a destruição do voo MH17 da Malásia Airlines, o avião foi abatido por um míssil lançado do ar guiado por radar, que provavelmente foi disparado a partir de um F-15 (fabricado nos EUA) da Força aérea israelita, operando a partir de um aparelho de uma base aérea no Azerbaijão. Além disso, sabemos que o avião da Malásia era semelhante em tamanho e coloração ao avião presidencial russo que levava o Presidente Putin para a Rússia depois da sua visita de estado à América Latina. Sabemos que o avião de estado russo e a aeronave malaia estavam a apenas alguns minutos de distância e voavam em rotas/altitudes muito semelhantes.

É lógico concluir que houve uma tentativa fracassada de assassinar Putin e lançar a culpa sobre a guerra ucraniana em curso.

Os dois grandes jactos envolvidos, a aeronave estadual russa e o vôo malaio MH17 estavam voando a 33.000. Nenhuma aeronave abatida sobre a Ucrânia foi alguma vez atacada em qualquer lugar perto esta altitude. Apesar de muitas companhias aéreas estarem a evitar voar sobre a Ucrânia, muitas continuaram a sobrevoar a Ucrânia e, de fato, muitos desses vôos acontecem todos os dias sem nenhum incidente. Que tal ataque tivesse lugar, no mesmo local, a poucos minutos do jato presidencial russo é simplesmente coincidência a mais; foi um atentado contra a vida de Putin. Um atentado que falhou.

Se tivesse resultado poderia ter provocado que uma Rússia indignada invadisse a Ucrânia; ou até mesmo que atacasse a fonte última do ataque, Israel, com armas nucleares.

NÃO tendo resultado, será na mesma considerado um ATO DE GUERRA contra a Federação Russa levado a cabo por Israel. Embora isto possa ou não ser admitido publicamente pela Rússia, provavelmente haverá repercussões MUITO FORTES em resultado do que aconteceu. Até mesmo dirigentes muito inteligentes como Putin, que são geralmente “jogadores de xadrez” frios e controlados, são seres humanos e isto foi uma tentativa pessoal contra a sua vida e uma que é capaz de enfurecê-lo.

Lord Stirling (Tim Alexander)
http://europebusines.blogspot.pt/


http://podcast.gcnlive.com/podcast/nutri_med/0717143.mp3







 


Partilhar:

Artigos Relacionados
Comentários
Não existem comentários

Nome:
Endereço de email (não será publicado):
comentários:

O Futuro
Tradutor
Procura
Arquivo
Perseguição Notícias

christian_persecution.jpg

Islão: matar e submeter

Jihad_sword_index.png

Carta de Notícias

Subscreva a carta de notícias "Acordem" de Xavier Silva


Email:
Subscrever RSS

RSS url_to_submit_my_site_sites_websites_submission_rss_sm_1.jpg

Como escapar?

Rescue_Portug__sun_.jpg

PORTUG___Sheeple_38_190.jpg

David Dees galeria
Música

Ouça música enquanto navega!

img_musica.jpg

Contacto
Online

Mortes iraquianas...

Mortes iraquianas devido à invasão norte-americana

Iraq Deaths Estimator

©2017, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional