desfaço os sinais dos inventores de mentiras, e enlouqueço os adivinhos

Trump declara o aniversário de Roe v. Wade (direito ao aborto) como "Dia da Santidade da Vida Humana" | 09Fev2018 19:55:49

trump_declares_national_sanctity_of_human_life_day_on_anniversary_of_roe_v_wade.jpg

O presidente Donald Trump proclamou segunda-feira, 22 de janeiro de 2018, "Dia Nacional da Santidade da Vida Humana". A proclamação acontece no 45º aniversário da Roe v. Wade, a decisão histórica que legaliza o aborto nos EUA, durante todos os nove meses da gravidez de uma mãe.

Trump fez a proclamação na sexta-feira, enquanto centenas de milhares de peregrinos pró-vida convergiram para Washington D.C. no âmbito do evento anual conhecido como Marcha pela Vida.

"Hoje, focamos a nossa atenção no amor e na proteção que cada pessoa, nascida e não nascida, merece, independentemente da deficiência, género, aparência ou etnia", começa a proclamação de Trump.

"A reverência por toda a vida humana, um dos valores pelos quais os nossos Pais Fundadores lutaram, define o caráter da nossa nação", continuou Trump na sua proclamação. "Hoje, ela incita-nos a promover a saúde das mães grávidas e das suas crianças não nascidas."

O presidente comentou que considerar sagrada a vida humana implica defender os "fracos e os indefesos," e "rejeita a ideia de que o nosso valor depende da medida em que somos desejados ou fruto de um planeamento familiar."

Na proclamação Trump enfatiza que a ciência está do lado da vida, mencionando-o duas vezes.

"A ciência continua a apoiar e a dar mais força ao argumento a favor da vida", afirma. "As tecnologias médicas permitem-nos ver imagens de crianças por nascer, movendo os seus dedos das mãos e dos pés recém-formados, bocejando e até mesmo sorrindo".

"Essas imagens fornecem-nos provas irrefutáveis de que os bebés estão a crescer no ventre das suas mães - vidas preciosas e únicas, cada uma merecendo um futuro cheio de promessa e esperança", continuou Trump. "Agora também podemos operar bebés no útero para prevenir doenças que ameaçam a vida". Estes importantes avanços médicos proporcionam-nos uma ainda maior apreciação pela humanidade do feto".

O presidente acrescentou: "Hoje, os cidadãos do nosso grande país estão trabalhando para a causa da vida e lutando pelos não nascidos, impulsionados pelo amor e apoiados pela ciência e pela filosofia".

Na sua proclamação Trump elogiou o movimento pró-vida devido ao seu compromisso não apenas com as crianças não nascidas, mas também com as mães de crianças não nascidas. Elogiou os profissionais de saúde que defendem a vida no seu trabalho. Elogiou os legisladores que trabalham para criar proteções em prol da vida. E elogiou aqueles que participaram da Marcha pela Vida para testemunhar pela vida.

"Esses americanos caridosos são voluntários que ajudam as mulheres através de gravidezes difíceis, facilitam a adoção e oferecem esperança aos que consideram ou se recuperam de abortos", afirmou. "Eles são provedores médicos que, muitas vezes sob o risco de sua subsistência, se recusam conscientemente a participar de abortos".

"E eles são legisladores que apoiam padrões de saúde e segurança, consentimento informado, notificação parental e proibição de abortos tardios, quando os bebés podem sentir dor", acrescentou Trump. "Esses guerreiros incansáveis, muitos dos quais viajam todos os anos para Washington, D.C., para a Marcha pela Vida, estão a mudar os corações e a salvar vidas devido à sua defesa apaixonada e cuidado amoroso por todas as vidas humanas".

A proclamação de Trump declarou também que o respeito pela vida humana "anima a nossa preocupação pelas mães solteiras, os idosos, os enfermos e deficientes e os órfãos e crianças adotivas" e "obriga-nos a fazer face" à epidemia de opióides e aos problemas de saúde mental.

A razão da existência do Dia Nacional da Santidade da Vida Humana, afirmou Trump, é "afirmar a verdade de que toda a vida é sagrada, que cada pessoa tem dignidade e valor inerentes, e que nenhuma classe de pessoas jamais deve ser descartada como "não-humana."

O Presidente Ronald Reagan proclamou o Primeiro Dia Nacional da Santidade da Vida Humana em 1984, dando nota de que milhões de vidas norte-americanas perdidas por causa do aborto nos 11 anos desde Roe v. Wade - na altura já mais do que dez vezes o número de americanos mortos em todas as guerras da nossa nação "-  era "uma tragédia de dimensão impressionante que contrasta fortemente com a nossa crença de que cada vida é sagrada".

Reagan apelou aos americanos para se juntarem nas suas casas e locais de culto no domingo, 22 de janeiro de 1984, para "agradecer o dom da vida e reafirmar o nosso compromisso com a dignidade de todo o ser humano e a santidade de cada vida humana."

Reagan emitiu a proclamação todos os anos durante os oito anos da sua presidência, no domingo mais próximo do aniversário de Roe v. Wade.

Esta prática de declarar o Dia Nacional da Santidade da Vida Humana em conjunto com a comemoração anual de Roe v. Wade continuou - ou não - todos os anos desde a declaração de Reagan em 1984, dependendo de quem estava na Casa Branca.

Continuou todos os anos durante toda a administração do sucessor de Reagan, George H.W. Bush. Depois Bill Clinton deixou-a cair durante os oito anos como presidente e George W. Bush retomou-a durante os seus oito anos no cargo.

Barack Obama não declarou o Dia Nacional da Santidade da Vida Humana durante os oito anos da sua administração.

WASHINGTON, DC, 22 de janeiro de 2018 (LifeSiteNews)

https://www.lifesitenews.com/news/trump-declares-roe-v.-wade-abortion-anniversary-to-be-sanctity-of-human-lif
 





Partilhar:

Artigos Relacionados
Comentários
Não existem comentários

Nome:
Endereço de email (não será publicado):
comentários:

O Futuro
Tradutor
Procura
Arquivo
Perseguição Notícias

christian_persecution.jpg

Islão: matar e submeter

Jihad_sword_index.png

Carta de Notícias

Subscreva a carta de notícias "Acordem" de Xavier Silva


Email:
Subscrever RSS

RSS url_to_submit_my_site_sites_websites_submission_rss_sm_1.jpg

Como escapar?

Rescue_Portug__sun_.jpg

PORTUG___Sheeple_48_190.jpg

David Dees galeria
Música

Ouça música enquanto navega!

img_musica.jpg

Contacto
Tráfego





Online

Mortes iraquianas...

Mortes iraquianas devido à invasão norte-americana

Iraq Deaths Estimator

©2018, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional